hipertrofia muscular

O que é Hipertrofia Muscular ?

A hipertrofia muscular é o nome científico que se dá ao processo de crescimento das fibras para o crescimento das células musculares.

ISTO é exatamente o que estamos procurando quando queremos ganhar massa muscular.

A hipertrofia muscular é realizado de duas maneiras:

  1. Aumentando o tamanho do sarcoplasma, que é tudo aquilo que não são as proteínas musculares como o caso do glicogênio ou água
  2. E a outra é aumentar o tamanho do sarcómero muscular, que são as fibras de actina e miosina de que é composto o músculo.

Capaz ao ouvir hipertrofia Muscular, o associar-se imediatamente com a musculação.

Na realidade trata-se de uma muito boa maneira de aumentar a nossa massa, claro que não da noite para o dia, vamos duplicar o físico de um fisiculturista, mas existem várias maneiras de melhorar o nosso estado atual.

Assim, se você tem a intenção de adicionar massa muscular em seu corpo, pois a hipertrofia Muscular é a solução e podemos fazê-lo com uma boa estratégia, em que é fundamental o cuidado que temos com a alimentação, exercício e descanso, mas também é algo que depende da carga genética de cada pessoa.

Isso é algo que é usado por pessoas que têm algum tipo de deficiência muscular, assim como todos os que desejam aumentar a massa muscular, mesmo que não tenham nenhum problema, como os fisiculturistas.

Um ponto a destacar:

É que, se além do aumento do músculo, queremos alcançar uma boa definição, o nosso nível de gordura deve ser muito baixo, assim como as pregas de gordura subcutânea, ou seja, que se localiza sob a pele, isso tem que ser igual ou menos 10mm.

Isto porque se chegamos a aumentar a massa muscular com um nível de gordura alto, pois acabaremos sendo um “gordinho musculoso”, já que a gordura, não deixará ver a definição muscular, por isso a alimentação é a chave para poder alcançar os objetivos propostos.

Como podemos alcançar a hipertrofia muscular?

Ok.

Já sabemos do que se trata.

Mas agora precisamos saber como podemos obtê-lo.

Primeiro:

Devemos ter claro que a missão é treinar com um peso que não estamos habituados, deve-se dar um tipo de sobrecarga que vai crescendo, de acordo com um plano.

Para conseguir a Hipertrofia muscular em cada sessão, devemos fazer um esforço maior do que o anterior, seja colocando mais peso, desenvolvendo mais repetições com o mesmo peso, fazer mais séries ou descansando menos, tudo para que possam crescer os músculos.

Se em nosso plano levantamos pesos elevados com poucas repetições, podemos aumentar os músculos que nos dão mais força, enquanto que levantar pesos intermediários com muitas repetições, estaremos aumentando o sarcoplasma, aquele que está no tecido da cicatriz nos espaços entre as proteínas contráteis, algo que nos fará aumentar o tamanho muscular.

Além disso.

Se abandonarmos os tempos entre as séries, teremos uma maior resistência, e dar-se-á uma mistura dos anteriores benefícios, claro que tudo depende do peso, assim como as repetições que fazemos.

Se a intenção é obter mais força:

Há que trabalhar com pesos elevados, embora se quisermos desenvolver uma grande carga, poderemos aumentar as repetições.

Isso também depende de nosso estado físico, porque, se somos novatos, nós podemos ganhar mais massa muscular e queimar gordura ao mesmo tempo, se usamos uma freqüência alta com um menor volume de treinamento, enquanto que todos os que estão um pouco mais avançados, lhes convém, com menor freqüência, mas com um maior volume de trabalho, para realizar a ativação profunda.

Isso é porque eles não podem se recuperar tão rápido depois da intensidade da sessão para alcançar a hipertrofia, o que incide na freqüência.

Dicas para Hipertrofia Muscular

Para poder começar a hipertrofia muscular, devemos usar pesos e máquinas, dependendo do corpo de cada pessoa, por isso é fundamental seguir uma série de dicas para não sofrer nenhum inconveniente:

  • Devemos trabalhar com pesos aos nossos músculos não estão acostumados IMPORTANTE!.
  • Devemos determinar a carga máxima para cada músculo que desejamos hipertrofiar. Essa “CM” de cada músculo é o peso que podemos levantar uma única vez, com 100% de força. Ou seja, não devemos ser capazes de realizar repetições.

Quer saber como calcular a sua carga máxima? Entra AQUI.

  • Então, podemos determinar um peso com o qual inicializando em hipertrofia, possa realizar entre 6 e 8 repetições. Se ao realizar essas repetições, você sente que você pode seguir, pois você deve aumentar o peso.
  • Recomenda-Se desenvolver entre 10 e 15 minutos de alguma atividade cardiovascular antes de iniciar o trabalho de hipertrofia, para que possamos conservação do mesmo e evitar lesões.
  • Depois do treino, devemos desenvolver entre 10 e 15 minutos de algum exercício de cardio de baixa intensidade, como caminhar ou andar de bicicleta, algo que permite que a recuperação seja mais rápida.
  • Deve-Se trabalhar cada músculo, com um intervalo de 48 horas, ou fazer uma vez por semana. O crescimento inicia 24 horas depois do exercício, pelo que, se o fazemos muitas vezes não damos tempo ao desenvolvimento e crescimento.
  • Se desenvolves uma sessão de cardio antes de peso, é importante que consumas uma banana ou uma bebida energética, antes do treino, pois, caso contrário, terá um nível de energia mais baixo e não pode se render.
  • A Cada três semanas deve reavaliar o peso em que você está trabalhando.
  • É recomendado para atletas de força e potência, atletas de esportes em equipe, atletas de alto esforço e os fisiculturistas.

Embora para cada um é diferente, então, que, em certo limite, pode chegar a ser prejudicial, por isso que cada treinador deve estar muito atento no planejamento do treinamento de força, porque no caso de disciplinas como o futebol ou o basquete, não se deve perder velocidade.

Quanto e o que devo comer para conseguir a hipertrofia muscular?

A alimentação é a chave para poder ganhar massa muscular.

Não podemos tentar ganhar força e perder peso ao mesmo tempo, porque não teremos energia, tem que comer muito bem, para tirar todo o proveito dos treinos.

Inclusive, devemos ter claro que trabalhar a Hipertrofia Muscular, vai nos dar mais fome e na dieta é necessário um excesso de energia entre 250 e 1000 Kcal, por cima do requerimento regular para manter o nosso peso, já que esta é usada para a demanda de energia no crescimento do músculo.

Igualmente outra má estratégia é diminuir as calorias, pois os músculos dessa forma não vão fortalecer nem a crescer.

Riscos de Hipertrofia Muscular

Vários estudos não tenham descartado que o excesso de massa muscular, produza efeitos negativos em nosso organismo, os mesmos que o excesso de gordura, como a hipertensão arterial, hiperglicemia, baixos níveis de colesterol bom no sangue, ou HDL e alta concentração de colesterol ruim no sangue ou LDL.

Perante estas consequências, é importante uma avaliação da massa magra e que os exercícios sejam de acordo com as nossas possibilidades.

Igualmente alguns antes de tomar algum suplemento que ajude o crescimento do músculo, devemos oferecer aconselhamento nesta área com um personal trainer ou nutricionista.

Como nos podemos dar conta, a hipertrofia Muscular tem importantes benefícios, para o aumento e fortalecimento dos músculos.

No aspecto esportivo, a hipertrofia é o fim, na musculação, em que cada vez eles querem contar com um corpo maior, mas em outros esportes, é uma consequência da metodologia de trabalho que se desenvolve.

Se quiser que os seus músculos cresçam, pois a Hipertrofia Muscular é a alternativa que você está procurando.

Imaginação!

Capaz é a mudança que você precisa.

 

¤